Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diários de uma Quarentona

EU SOU, os meus pensamentos, valores, hábitos, hobbies e tudo que faço para manter o equilibro físico e mental. Ler, escrever, música, dançar, meditar, cozinhar, estudar e tudo aquilo que me faz feliz.

Diários de uma Quarentona

André

Carta ao meu filho

André,
Meigo e carinhoso.
Desarrumado e distraído...
Protetor e amoroso.


DEDÉ ATÉ HOJE!

- Ohh mãe, olha aí! Chamar Dedé ao pé da malta não é fixe.😎

Mas és o meu bebé, serás sempre o meu bebé, mesmo hoje aos 21 anos, tenho o instinto de te agarrar na mão ao atravessar a estrada.

THAT'S WHAT MUM'S DO!

És livre para voar e sempre regressar, mas continuas a ser o meu menino, amigo, confidente e companheiro.
O maior amor da minha vida.

Mesmo nos dias em que te dizia que te metia num colégio.
Sabes bem que era o cansaço a falar mais alto.

Exausta de manter uma casa, emprego e ser mãe e pai a 100%.
O teu pai ficou na Irlanda.
Ficava fora de mão ires lá passar o fim semana...

Mesmo com tantas adversidades e privações, Sou grata por ter sido escolhida para tua mãe.

Foste e és a maior lição de toda a minha vida.
Amar, cuidar, ralhar e educar.
Não é tarefa que se ensine na escola...
Ser mãe...
Ser pai...
Não existem formulas milagrosas, nem cursos online.

Duvidamos de nós próprios e das nossas capacidades...
Será que estou a fazer o mais correto?
O melhor...?

Mas no final, o mais importante é que tudo o que fazemos é por amor.

UM AMOR INCONDICIONAL QUE NOS ENCHE O CORAÇÃO DE GRATIDÃO.

Quando te vejo tornares-te num homem integro, com personalidade e valores fortes, sei que fiz o melhor que pude, com o que tinha...

Amo-te muito Dedé
Beijo da Mãe
🌬🤍

 

1 comentário

Comentar post